Atualmente as empresas brasileiras perdem por ano mais de 500 milhões de reais, seja em furtos internos e externos, em fraudes ou nos desperdícios de mercadorias. Estas perdas num mercado competitivo como o mercado brasileiro, onde as margens de lucros são cada vez menores e a concorrência cada vez maior,  podem significar o sucesso ou falência de determinadas empresas.

Implementar uma política racional de prevenção de perdas, é  um excelente investimento, pois cada centavo aplicado retorna rapidamente para o caixa da empresa, pois prevenir perdas é sem dúvida alguma  aumentar lucros.

É necessário que o empresário comece a se conscientizar da importância de investir na compra de equipamentos e no treinamento de funcionários aptos a lidar com esta nova realidade.

Ao investir em equipamentos é necessário que se faça um minucioso estudo das necessidades do estabelecimento, para que não se gaste dinheiro desnecessariamente, pois existem entre os equipamentos aqueles que monitoram a circulação de clientes dentro dos estabelecimentos, popularmente conhecidos como CFTV (circuito fechado de televisão), e os equipamentos de monitoramento de mercadorias, dentre eles podemos citar as famosas etiquetas magnéticas também chamadas de  etiquetas anti-furto  e os portais detectores de furtos.

Outro fator de vital importância na Prevenção de perdas é a contratação de profissional experiente para implementar o departamento, nas  03 principais áreas  da prevenção de perdas:

1 ª Prevenção de perdas Mediante Fraudes, que envolve as perdas originadas de operações comerciais fraudulentas como: Cartões clonados, cheques roubados, uso de documentos falsos para abrir crediário, dinheiro falso  etc.

2ª Prevenção de Perdas mediante Furto, que podem ser internos ou externos, efetuados por quadrilhas especializadas ou sozinhos, utilizando-se técnicas variadas para atingir este fim.

3ª Prevenção de perdas mediante desperdícios, advindos do manuseio indevido das mercadorias por parte dos funcionários ou até mesmo da degustação fraudulenta feita por clientes no interior dos estabelecimentos.

Em virtude de todas estas complexidades,  somente um profissional experiente será capaz de diagnosticar os reais problemas enfrentados pela empresa.

Identificar os reais problemas é também mapear os produtos mais sensíveis a furtos externos e internos, que são praticados por clientes e funcionários. Em geral podemos afirmar que produtos mais sensíveis, são aqueles que se enquadram na seguinte equação:  AVxTR= APP ( Alto Valor x Tamanho Reduzido =  Alta Probabilidade de Perda ), entre os produtos de risco podemos citar: pilhas, barbeadores, perfumes, roupas íntimas,  sapatos, aparelhos eletrônicos, bebidas finas, jóias etc.

Portanto como já  disse, reduzir Perdas significa aumentar lucros e aumentar lucros, significa agregar maiores vantagens e benefícios para clientes e  funcionários.


Prof. José Ricardo Rocha Bandeira

bandeira@conpej.org.br

Diretor do Núcleo de Estudos Avançados em Prevenção de Perdas do Conselho Nacional de Peritos Judiciais da República Federativa do Brasil

Auditor de Prevenção de Perdas e Perito Judicial